Itens necessários para se candidatar a um MBA no exterior



     

A preparação para ingressar em um MBA no exterior deve ser antecipada, tendo muita atenção e dedicação.

Fazer um MBA sempre foi uma aspiração para quem terminou a faculdade, mas deseja continuar evoluindo na carreira. E a menina dos olhos de alguns formandos é a possibilidade de realizar um MBA no exterior, principalmente em faculdades de ponta como as integrantes da Ivy League (melhores faculdades dos EUA).

Estou apto a me candidatar a um MBA no exterior?

– Preparação antecipada:

Os principais programas de MBA funcionam em etapas (rounds) de candidatura. Normalmente, os candidatos mais bem preparados fazem um esforço para serem aprovados no Round 1 (R1), mas é possível ingressar na segunda etapa (R2) junto com muitos outros candidatos. Geralmente, o Round 3 (R3) é destinado como parcela final para alguns ingressantes, porém as chances de entrar nessa etapa são muito reduzidas, visto que mais de 90% dos candidatos já foram aprovados nas duas etapas anteriores.

– Testes (GMAT / TOEFL E GREE / IELTS):

Para ser aprovado em um programa de MBA o candidato não precisa somente de organização, mas estar emocionalmente preparado para a bateria de testes necessários, que incluem exames de proficiência em língua estrangeira como o TOEFL e o IELTS, além do GMAT. Os candidatos com melhores notas são aqueles que estudam, em média, 107 horas e com antecedência.





– Avaliação pessoal e pesquisa:

Antes de ingressar em um MBA, o candidato deve refletir sua vivência em tarefas práticas que envolvam liderança e envolvimento com a comunidade. Caso haja alguma falta nessas áreas, cabe ao ingressante tomar as devidas providências no tempo antecipado. 

Além do processo de avaliação o candidato deve pesquisar a fundo a instituição em que deseja estudar e deve utilizar todos os recursos possíveis para isso. Agendar visitas e entrevistas com ex-alunos pelo Linkedin pode ser um meio eficaz de saber a reputação de professores e da escola como um todo.

– CV, Traduções, cartas de recomendação, redações:

Uma das etapas mais importantes para o candidato é a entrega do CV e das cartas de recomendação. Nessa etapa os documentos devem mostrar aos membros responsáveis pela avaliação que o aspirante a aluno possui uma carreira profissional e imagem pessoal sólida o suficiente para estudar na instituição em questão.

Por Matheus de Oliveira



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *